top of page

CACAU CERIMONIAL E MEDICINAL

Venho explorando e aprendendo com a planta, o fruto do cacau em suas diversas formas. Uma prática de parceria profundamente transformadora que compartilho com meu marido em alguns dias da semana ou mesmo sozinha. Hoje em dia o cacau tem sido apreciado como superalimento exótico e moderno, mas o que poucas pessoas sabem, é que ele também é uma medicina para fins espirituais. A maioria das pessoas com quem falo sobre o cacau cerimonial ficam intrigadas e atraídas pela ideia, mas não têm certeza sobre a diferença entre o pó de cacau cru e a pasta de cacau cerimonial. Aqui no Perú, venho aprendendo e me conectando a cada dia com essa medicina, e me surpreendido com a experiência. Vamos primeiramente entender a diferença entre cacau em pó e em barra. O cacau em pó é torrado por longos períodos em altas temperaturas, o que altera a estrutura molecular do grão, diminuindo seu valor nutricional naturalmente abundante. O cacau em pó (embora possa ser orgânico, “cru” e um “superalimento”) também é altamente processado de acordo com os padrões comerciais, removendo a gordura natural do grão. E isso significa que muitas enzimas vivas, gordura saudável e muitas das propriedades energéticas sutis do cacau foram destruídas. De modo geral, não significa um grande problema se você está procurando o sabor, o foco e o aumento de energia que o grão de cacau oferece, mas como o pó foi separado de sua fibra e gordura naturais, muitas vezes pode ser superestimulante para seu sistema nervoso. Ocasionalmente tenho feito uso do pó como um rápido tônico matinal com especiarias, principalmente nos dias mais frio. Acredito que o cacau, é precioso em todas as suas formas de conectar com a essência do amor no dia a dia. É por isso que o chocolate acabou se tornando um símbolo de amor e romance porque emocionalmente, fisiologicamente e psiquicamente cria sentimentos de abertura e prazer dentro de nós! A coisa mais importante a se observar ao comprar cacau em pó é que ele seja cultivado, colhido e processado de forma ética, sustentável e responsável. A indústria do chocolate pode ser um lugar muito sombrio em determinadas partes do mundo e cabe a nós parar de apoiar marcas que continuam tolerando a exploração humana e prejudicial da natureza. A outra forma de preparo do cacau é através da pasta, ou melhor dizendo, através do cacau cerimonial. Onde os grãos do fruto do cacau é fermentando, tostado e levemente secado ao sol depois de descascado. Em seguida é triturado para criar uma pasta que depois que seca vira uma barra onde nada é adicionado, e nada é removido. A gordura do grão permanece intacta, ajudando a equilibrar suas propriedades estimulantes e facilitando a absorção por um longo período de tempo. Este é o cacau em sua forma pura e tradicional, utilizado por antigas civilizações mesoamericanas por milhares de anos em cerimônias e celebrações. Ao olhar para a sabedoria indígena de como essa medicina tem sido trabalhada, podemos aprender sobre uma abordagem de cura com o cacau como uma medicina vegetal que foi transmitida de geração em geração. Quando ansiamos por chocolate, o que nossos corpos realmente desejam é o poder curativo dessa medicina natural e potente do cacau, que é o amor-próprio, sagrado e inerente. O cacau nos pede para ouvir e sentir. A cerimônia do cacau, é o momento para nos conectarmos aos nossos corpos e entrar em nossos corações, ouvindo nossa criança interior. É um tempo para honrar a nós mesmos e nossos relacionamentos. O cacau é apenas uma das muitas ferramentas disponíveis neste planeta para experimentarmos esse tipo de conexão e entrar em sintonia com quem realmente somos. A parte mais importante de cultivar uma relação com o cacau, e qualquer planta nesse sentido, é o processo, que é único e particular. Explorando de maneira respeitosa as diferentes formas de preparar e experênciar essa bebida. É como sempre digo com relação a medicina do chá da planta Camellia Sinensis: Se você se permitir, você vai se concertar com o melhor da natureza. Talvez seja sentar e beber uma dose do cacau cerimonial por um certo período de tempo, e aprofundando sua prática de meditação. Talvez outras vezes, seja fazer chocolate caseiro, ou preparar um chá preto com casca de cacau. Ou então seja simplesmente misturar o pó em seu smoothie de banana com um pouco de amendoim pela manhã (é calórico, mas é muito bom!). Essas experiências com as medicinas naturais da natureza, nos conecta de volta para nossa essência. Dependendo do momento da vida, uma certa planta irá nos conduzir para esse espaço de abertura, amor e despertar. E para concluir um pouco desse conhecimento que venho explorando por aqui, anota, prepara e desfrute desse “Néctar dos deuses”, o cacau medicinal cerimonial das antigas civilizações asteca, maia e tolteca.

Cacau Medicinal: Para o preparo dessa bebida, você vai precisar do cacau em barra 100/% e orgânico ou pó.

Ingredientes: 100 ml de água filtrada (leite vegetal de amêndoa, coco fica maravilhoso) 10 g de cacau 1 colher de café de gengibre ralado 1 canela em pau 2 cravos 1/2 colh de café de cardamomo

Preparo: Aqueça a água com todos os ingredientes até levantar fervura e por 3 minutos. Desligue o fogo, e acrescente o cacau (o cacau não pode ferver), mexendo até derreter a barra. Em seguida coar e bater rapidamente no liquidificador (da um toque especial).

Ritual: Com seu “cacasito” em mãos, sente em um lugar tranquilo e acolhedor. Coloque uma música, respire profundo, e evoque a medicina do cacau, da alegria, do perdão, da cura do coração, desfrutando sem pressa desse néctar e do momento preciso!

Com muito carinho Cláudia Gomes

Comments


bottom of page